© 2017 por Develop Educação Financeira

www.developeducacaofinanceira.com.br

  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon

     A Gestão Financeira é um conjunto de ações e procedimentos que envolvem análise, planejamento, controle de atividades e decisões financeiras das empresas, cuja finalidade é maximizar os resultados econômico-financeiros decorrentes de suas atividades. Para que se obtenha bons resultados, é extremamente necessário que se tenha uma gestão financeira eficiente.

     Um Consultor Financeiro é um profissional qualificado que tem por objetivo analisar a situação das finanças da sua empresa e, a partir disso, propor ajustes e melhorias, visando sempre a maximização do lucro e a proteção dos ativos financeiros das empresas.

 

Objetivos

     Nosso principal objetivo é levar soluções financeiras estratégicas voltadas a incrementar o resultado do cliente por meio de instrumentos capazes de reduzir consideravelmente os custos e despesas financeiras.

Com foco principal na maximização dos resultados, os trabalhos são elaborados com uma visão crítica e minuciosa, resultando em ações que agregam maior valor à empresa.

 

Desafio

        Você saberia responder a essas questões?

 

  • Está sobrando dinheiro para investir no meu negócio?

  • Qual é o valor do endividamento total da minha empresa?

  • Este valor está adequado ao faturamento da minha empresa?

  • Qual é o meu custo mensal envolvido em juros e tarifas bancárias?

  • Possuo uma política de reserva financeira?

  • Qual é o meu custo fixo mensal?

  • As taxas de juros praticadas estão adequadas à rentabilidade do meu negócio?

Se você está no grupo de pessoas que tem dúvidas sobre essas questões, a Develop pode ajudar você.

 

Atividades desenvolvidas e Objetivos
  • Análise de custos fixos e variáveis: Reduzir custos, a fim de obter maiores lucros aos sócios.

  • Análise de custos bancários: Eliminar/reduzir custos bancários, como juros, tarifas e produtos envolvidos.

  • Auditoria das contas a pagar: Eliminar custos com cobranças indevidas, identificando a correção dos valores cobrados, vencimento, etc.

  • Implantação de processo de Contas a pagar: Evitar multas e juros em função de pagamentos em atraso.

  • Implantação e Ajuste de Fluxo de caixa: Informação diária de entradas e saídas de recursos, visando evitar desencaixes de caixa e facilitar a tomada de decisão antecipada, como a necessidade de recursos de terceiros ou, em caso de excesso de recursos, a aplicação dos recursos, obtendo rendimentos.

  • Reestruturação de dividas com instituições financeiras: Reduzir pagamento de juros, a fim de obter maiores lucros aos sócios.

  • Reestruturação de dividas com fornecedores: Reduzir pagamento de juros de dividas em atraso, a fim de obter maiores lucros aos sócios.

  • Elaboração de planejamento financeiro: Visa definir os objetivos futuros da empresa e traçar planos para alcançá-lo em um prazo definido.

  • Análise de custo de produtos e serviços: Verificar o custo de cada produto.

  • Formação de Preços: Com base no custo, definir preço de venda ideal.

  • Análise de rentabilidade de serviços prestados e/ou produtos vendidos: Analisar o custo x retorno de cada serviço prestado pela empresa, a fim de verificar a sua viabilidade financeira.

  • Planejamento de Estoque: Definir o nível ótimo de estoque, de modo que não haja excesso ou falta de estoque, otimizando os recursos financeiros.

  • Análise de viabilidade econômica da empresa/ filiais: Verificar a relação faturamento x custos e despesas, a fim de verificar se os empreendimentos são viáveis econômica e financeiramente.

  • Implantação de processo de conciliação bancária: Conciliar movimentações bancarias.

  • Implantação de relatório gerencial mensal para sócios: Informação financeira mensal aos sócios, para que tenham conhecimento dos resultados da empresa e possam tomar decisões com mais tranquilidade.

  • Análise das aplicações financeiras: Verificar custos e rentabilidades das aplicações financeiras existentes, podendo sugerir melhores investimentos.

  • Análise de inadimplência: Verificar e analisar os índices de inadimplência.

  • Implantação de processo de cobrança de clientes inadimplentes: Reduzir o índice de inadimplência, traçando planejamento de cobrança dos clientes inadimplentes, a fim de recuperar valores não recebidos.

  • Definição de NCG (Necessidade de capital de giro): Visa equilibrar o valor destinado ao capital de giro, podendo aplicar o excedente, obtendo rendimentos.

  • Elaboração de orçamento anual: Ao projetar entradas e saídas de caixa é possível visualizar os resultados esperados, a fim de facilitar a tomada de decisão quanto aos recursos envolvidos.

  • Outros, conforme necessidade da empresa.