© 2017 por Develop Educação Financeira

www.developeducacaofinanceira.com.br

  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon
Camila Bavaresco
Sócia-fundadora e Consultora

        Camila Bavaresco é bacharel em Administração de Empresas com ênfase em finanças pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Master in Business Administration (MBA) em Gestão Financeira e Controladoria pela Fundação Getúlio Vargas, coach pelo Instituto Brasileiro de Coaching e mestre em finanças pela UFRGS. Possui 10 anos de experiência no mercado financeiro.

     Atualmente é consultora financeira pessoal e empresarial, além de ministrar cursos, palestras e treinamentos sobre Mercado Financeiro e Finanças Pessoais, bem como realiza treinamentos de formação de multiplicadores. Tem por hobby e profissão ajudar as pessoas a descobrirem os caminhos da independência financeira e da construção acelerada de patrimônio.

        Certificada pela ANCORD como Agente Autônomo de Investimento e pela ANBIMA ( CPA-10).

Um pouco da minha história

        Em 2005 comecei a trabalhar em um grande banco enquanto terminava a faculdade de Administração. Ganhava relativamente bem, gostava do trabalho, mas não queria fazer aquilo para o resto da vida, embora ainda não soubesse o que eu queria.

       Lembro que, em um dia bastante cheio, na hora do almoço, pensei em como poderia me aposentar aos 40 anos ganhando R$ 10 mil, considerando que não tinha pais e nem marido rico. Foi aí que peguei minha calculadora HP e calculei quanto eu precisaria poupar e investir todo mês para atingir o meu objetivo. A resposta da HP foi surpreendente: R$ 115 por mês. Sim, R$ 115,00! Refiz o cálculo varias vezes, de trás para frente, de frente para trás, para ver onde eu tinha errado. Eu não tinha errado!

       Foi então que percebi que poderia atingir meu objetivo ainda mais rápido. Para me aposentar aos 35 anos, teria que poupar R$ 323 por mês. Fechei aí: preciso trabalhar por dinheiro por mais 12 anos. Confesso que minha motivação foi outra depois disso. Aprendi mais sobre bons investimentos, fiz cursos, comecei a operar com ações e vi que aquilo tudo fazia muito sentido. Foi aí que me perguntei: “Por que ninguém me disse isso antes?”. Simples: porque ninguém sabia disso. Ou poucos sabiam.

       Então, alguns anos depois, vendo que isso realmente dava certo, descobri o que eu queria fazer: ajudar as pessoas a deixarem de trabalhar por dinheiro e fazer o dinheiro trabalhar para elas. E é possível. Basta foco, planejamento e tempo!

      Em 2013 (sim, meu plano não durou 12 anos!), já muito bem planejada, me dei ao luxo de largar o meu emprego e me dedicar exclusivamente à consultoria financeira. E hoje estou aqui, no meu escritório, ajudando a mudar a vida das pessoas e a relação delas com o dinheiro.